A paciência do Palmeiras com Deyverson está acabando. A tola expulsão do jogador contra o Ceará, no último domingo, no Pacaembu, pode ter sido a gota d’água.

Dentro do clube já há um entendimento de que o atacante é praticamente um caso sem solução por causa de seu destempero, dos muitos cartões recebidos, das eventuais provocações aos adversários e agora um cartão vermelho que quase comprometeu a vitória contra a equipe cearense.

O time alviverde vencia por 2 a 0 e teve que atuar metade do jogo com um homem a menos depois de uma expulsão absolutamente infantil – e justa – do atacante.

VEJA:

Com isso, o jogo terminou com uma vitória por 2 a 1 com o Palmeiras segurando o resultado, quando poderia ter alcançado a vitória com alguma tranquilidade, pois havia construído uma boa vantagem no primeiro tempo.

Evidentemente, ninguém do Palmeiras falará publicamente sobre a saída do atacante. O clube tentará fazer com que o atleta dê algum retorno dentro de campo nos jogos que faltam até o fim do ano. Há um entendimento de que ele tenha qualidade e possa ser útil.

Com este comportamento, Deyverson dificilmente ficará no Palestra Itália no próximo ano. Na primeira boa oportunidade, o Verdão irá negociá-lo

Vale lembrar que o grandalhão custou quase R$ 19 milhões ao time paulista quando foi contratado, em 2017.


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *